// Conselhos para quem está começando a andar de moto

Conselhos para quem está começando a andar de moto

05/12/2016 16:17

A situação cada vez mais preocupante do trânsito nas grandes cidades, com grandes congestionamentos, tem feito cada vez mais pessoas pensarem em mudar de meio de transporte, público, ou carro para a moto. Mas, pilotar uma, exige 100% de concentração durante todo o tempo em que você está em cima dela, e isso pode assustar quem está começando. Mas é importante não desanimar, então confira essas dicas e saiba como enfrentar esses medos:
CFC
Antes de pegar uma motocicleta é preciso primeiramente aprender a dirigir uma num Centro de Formação de Condutores (CFC) aprovado pelo Detran, e também possuir uma habilitação (Carteira Nacional de Habilitação), além de, é claro, estar usando todos os itens de segurança, sendo o principal dele, o capacete.
Andar de moto requer mais do que concentração
É necessário estar bem fisicamente, e acordado. Evite pilotar muito cansado, sob efeito de remédios ou até de “ressaca”. É importante conhecer seus limites, se pilota há pouco tempo, ou está se sentindo inseguro, evite longas viagens, trajetos debaixo de chuva ou à noite, por exemplo.

Áreas urbanas exigem atenção
Caminhões e ônibus têm pontos cegos maiores, portanto é importante tentar antecipar situações de risco e aglomerações de veículos.

Não deixe o capacete aberto
O capacete só protege totalmente se estiver fechado, justo na cabeça, e sempre afivelado. Além disso, é importante ficar atento ao momento de troca, já que ele dura até três anos e, precisa ser trocado mesmo sem danos visíveis, se você passar por algum acidente.

O freio dianteiro deve ser o principal
Na maioria das motos, exceto custom e scooters, freia-se 70% na dianteira e 30% atrás, que é usado mais para equilibrar a frenagem. Se você não tem muita experiência, motos com o antitravamento ABS podem ser uma boa pedida.
Não se esqueça: Para garantir a frenagem correta, pneus carecas devem ser trocados.

Faça manutenção em dia
Itens como pneus, freios (e fluido) devem ser checados periodicamente. Uma dica importante é usar a lista de checagem obedecendo a sigla P-CLOC: Pneus, Combustível, Luzes, Óleo e Corrente.